Ocorreu um erro neste gadget

Ola´! Que bom que passou por aqui, seja bem vindo! ! Espero que goste e volte sempre!!!!

"O Segredo da vitória, em todos os setores da vida, permanece na arte de aprender,imaginar,esperar e fazer mais um pouco."
( Chico Xavier - ditado por André Luiz )

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Sinuca


Sinuca é um jogo de mesa, taco e bolas praticado no Brasil, e constitui uma variante do snooker, um jogo de mesa inventado em 1875 na Grã-Bretanha.
Neste jogo dois adversários tentam colocar num dos seis buracos da mesa as bolas coloridas (não brancas) na seqüência definida pelas regras. Pode ser jogado individualmente ou em dupla.
Numa mesa de 2,84 m X 1,42 m (medida brasileira), são colocadas oito bolas, com pontuação de 1 (vermelha) a 7 (preta) mais a bola branca.
As regras em vigor no Brasil são ligeiramente diferentes das do snooker praticado no resto do mundo:
A bola branca é utilizada para impulsionar as outras. Denomina-se bola da vez a bola colorida de menor pontuação presente na mesa.
Ela é livre, isto é, o jogador não perde pontos caso erre quando tenta encaçapar (matar) essa bola. Quando encaçapada, ela não retorna à mesa e dá direito ao jogador de jogar livremente qualquer outra bola. Esta, se encaçapada, retorna à mesa e o jogador deve a seguir jogar a nova bola da vez.
Com exceção da tacada inicial (saída), é permitido jogar uma outra bola no lugar da bola da vez, porém com castigo, isto é, com perda de 7 pontos em caso de erro.
A mesa original, inglesa, possui mais 50 cm, tanto na largura, quanto no comprimento, com 15 bolas vermelhas (bola 1) ao invés de apenas uma, como no Brasil, e regras diferentes da nossa adaptação.
Hoje, há uma tendência, principalmente em campeonatos oficiais, de se jogar na “regra inglesa” (ver descrição da mesma em snooker), visando internacionalizar os atletas brasileiros.
O termo sinuca é usado popularmente no Brasil, nos inúmeros, bares, salões e clubes etc., muitas vezes para fazer referência a vários tipos de jogos de bilhar.
No entanto, em sua origem, o termo sinuca é um aportuguesamento do termo inglês “snooker”. Este jogo de “snooker”, ou sinuca no Brasil (que, com o tempo, sofreu também aqui um abrasileiramento de suas regras, que foram sendo alteradas à medida que se diminuía o número de bolas vermelhas com que era jogado), a um observador mais atento não pode ser confundido com os diversos jogos de bilhar existentes e que ganham muitos nomes conforme a região em que são praticados, e.g. mata-mata, bola 8, bola 9, vida, fuca, 21, carolina, etc. – muitos deles originados nos Estados Unidos e não na Inglaterra, como é o caso do snooker.
Portanto se conclui que sinuca/snooker é o nome específico de um determinado jogo (quer na regra inglesa, quer na regra brasileira), mas que, apesar dessa especificidade, às vezes é utilizado popularmente de forma genérica, para fazer referência a diversos tipos de jogos de bilhar (inclusive americanos).
De tal sorte, poder-se-á ouvir um amigo convidar outro para jogar “sinuca”, quando, na verdade, ambos estariam indo jogar “bola 8?, ou outro jogo de bilhar qualquer jogado no Brasil.

Fonte: www.emvideira.com.br



A Sinuca (ou snooker) foi inventada em 1875, na Grã-Bretanha. É um jogo em que dois adversários tentam encaçapar as bolas coloridas na sequencia. Pode ser jogado individualmente ou em dupla. Numa mesa de 2,84 m X 1,42 m (medida brasileira), são colocadas oito bolas, com pontuação de 1 (Amarela) a 7 (preta) mais a bola branca.
A branca é utilizada para impulsionar as outras. Devem-se matar as bolas em seqüência. Elas permanecem na caçapa. Quem mata a bola da vez tem direito a mais dois lances, incluindo bolas fora da seqüência (se encaçapadas, elas retornam à mesa). Nesses lances, se não matar um bola na primeira tacada, não perde pontos. Errando uma segunda, o jogador perde 7 pontos. A mesa original, inglesa, possui mais 50 cm, tanto na largura, quanto no comprimento, com 15 bolas vermelhas (bola 1) ao invés de apenas uma, como no Brasil, e regras diferentes da nossa adaptação.
Hoje, há uma tendência, principalmente em campeonatos oficiais, de se jogar na "regra inglesa" (ver descrição da mesma em Snooker), visando internacionalizar nossos atletas.
Jogadores brasileiros famosos: Carne Frita, Rui Chapéu, Renato Quirino, Roberto Carlos, Boca Mucha, Doutor Cláudio.O Uso do Termo Sinuca
O termo sinuca é usado popularmente no Brasil, nos inúmeros botecos, bares, salões e clubes etc., muitas vezes para fazer referência a vários tipos de jogos de bilhar.
No entanto, em sua origem, o termo sinuca é um aportuguesamento do termo inglês "snooker".
Este jogo de "snooker", ou sinuca no Brasil (que, com o tempo, sofreu também aqui um abrasileiramento de suas regras, que foram sendo alteradas à medida que se diminuia o número de bolas vermelhas com que era jogado), a um observador mais atento não pode ser confundido com os diversos jogos de bilhar existentes e que ganham muitos nomes conforme a região em que são praticados, e.g. mata-mata, bola 8, bola 9, vida, fuca, 21, carolina etc, muitos deles originados nos Estados Unidos e não na Inglaterra, como é o caso do snooker/sinuca.
Portanto se conclui que sinuca/snooker é o nome específico de um determinado jogo (quer na regra inglesa, quer na regra brasileira), mas que, apesar dessa especificidade, às vezes é utilizado popularmente de forma genérica, para fazer referência a diversos tipos de jogos de bilhar (inclusive americanos). De tal sorte, poder-se-á ouvir um amigo convidar outro para jogar "sinuca", quando, na verdade, ambos estariam indo jogar "bola 8", ou outro jogo de bilhar qualquer jogado no Brasil.
INSTRUÇÕES PARA INICIANTES: HORIZONTALIDADE DO TACO
O maior problema encontrado entre os iniciantes da sinuca é o mau posicionamento do taco, que geralmente é utilizado com a traseira muito elevada. Isso faz com que a bola branca seja forçada de cima para baixo, afundando no pano e desviando-se do alinhamento.
Obtem-se um melhor desempenho se o taco for colocado o mais próximo possível da POSIÇÃO HORIZONTAL.
Nota-se que os lances de execução mais complicada são aqueles em que a bola branca está colada ou encavalada, justamente por requererem o levantamento da traseira do taco.
Mas assim como não se deve levantar demais a traseira do taco, também não se deve baixá-la demais: no afã de se posicionar o taco horizontalmente, pode-se cometer o erro de baixar demais a parte de trás do taco, de tal forma que esta poderá bater na tabela no momento da execução da tacada desviando o taco da posição correta.
Às vezes essa batida é muito sútil e pode nem ser percebida, mas qualquer toque, por mais sutil que seja, pode ser suficiente para fazer errar a jogada.
Esse equívoco de baixar demais o taco é muito comum e acontece porque a tabela da mesa é mais alta que o plano onde as bolas rolam, fato que, com exceção de algumas jogadas, impede de se obter uma posição exatamente horizontal.
Daí se depreende que a horizontalidade do taco é uma questão bastante delicada, merecedora de um estudo atento por parte do praticante, que, à medida em que tenta colocar o taco o máximo possível na horizontal, não deve ultrapassar os limites que proporcionam a sua livre movimentação. É o fio da navalha.
Fonte: pt.wikipedia.org

Nenhum comentário:

Postar um comentário