Ocorreu um erro neste gadget

Ola´! Que bom que passou por aqui, seja bem vindo! ! Espero que goste e volte sempre!!!!

"O Segredo da vitória, em todos os setores da vida, permanece na arte de aprender,imaginar,esperar e fazer mais um pouco."
( Chico Xavier - ditado por André Luiz )

sexta-feira, 17 de junho de 2011

O quadro na decoração


QUADRO

1. O desenho de uma moldura deve ter relação com o tema e o “peso” da obra.

Exemplo

Um quadro simples e “leve” combina com uma moldura reta e pequena.

2. Uma moldura côncava aumenta a impressão de perspectiva sugerida em uma obra.

3. Uma pintura sem perspectiva pede uma moldura convexa que a solte da parede.

4. Trabalhos densos pedem molduras de linhas fortes para conter a imagem.

5. Trabalhos delicados pede molduras simples e leves.

6. Deve-se sugerir molduras com linhas para telas lineares.

7. Cores marcantes no passe-partout ajudam a separar a imagem da moldura, criando uma sensação de perspectiva.

8. Tonalidades claras – como o bege – devem ser usados para acentuar as cores.

9. Quando for necessário o uso do vidro – caso dos trabalhos em papel -, deve-se pensar na utilização de vidros anti-reflexo.

10. Para pintura com cores quentes – vermelho, marrom e amarelo – predominantes, o apropriado é usar molduras de cores igualmente quentes; quando elas forem de cores frias - azul, verde e branco -, o correto é a utilização de molduras prateadas ou de cores similares.

CUIDADO COM TELAS E MOLDURAS

1. Para limpar molduras, comece tirando o pó com um pano ou pincel – se ela for trabalhada. Na parte de trás da moldura, faça uma revisão mais detalhada e periódica para preserva-la de traças e insetos.

2. Para evitar que os quadros marquem a parede, cole em cada canto interno da moldura uma rodelinha de cortiça.

3. Os quadros à óleo pedem limpeza cuidadosa, duas vezes ou mais ao ano, caso fiquem expostos à poeira.

4. Nunca use aspirador de pó em nenhum dos lados do quadro. A sucção pode estalar a pintura.

5. Da mesma forma, diga não ao espanador, que também pode danificar a tela.

6. Evite que o sol bata diretamente sobre as telas.

7. Leve os quadros ao moldureiro pelo menos uma vez por ano. Assim, ele poderá fazer uma limpeza completa e cuidadosa no objeto e aplicar um remédio para que ele fique livre dos cupins.

8. Observe periodicamente se existe mofo ou algum tipo de infiltração na parede. Qualquer descuido neste sentido pode danificar o quadro.

9. Não passe cera na moldura. Normalmente ela já é colocada na tela quando já está encerada.

10. Se tomar muito sol o quadro pode até empenar. Por isso, o controle da quantidade de luz é fundamental.

O QUADRO NA DECORAÇÃO

1. As cores do quadro devem estar presentes em algum móvel ou objeto de decoração, como tapetes e almofadas.

2. O tom da moldura também deve acompanhar alguma das cores existentes na tela.

3. Quem gosta de uma decoração moderna deve optar por quadros “clean”.

4. Não se deve exagerar na quantidade e no tamanho dos quadros em cômodos pequenos, principalmente se eles já têm muitos móveis.

5. Não existe quadro indicado para este ou aquele ambiente. Entretanto, o estilo do quadro pode acompanhar o estilo da decoração. Por exemplo, se a sua sala de jantar é clássica, uma boa pedida é um quadro de natureza morta. Na sala de estar do mesmo estilo, telas de paisagem caem bem.

6. Ambientes modernos pedem quadros com texturas ou gravuras. Existem reproduções de bom preço no mercado.

7. As molduras são dispensáveis em muitos quadros. Entretanto, se a tela for a óleo é indicado o uso da moldura.

8. Para realçar a beleza dos quadros, pode-se optar por luzes direcionadas embutidas em gesso.

9. Se for uma gravura protegida por vidro, tenha cuidado para que o vidro seja anti-reflexo. Caso contrário, o quadro vira um espelho.

10. Antes de pendurar os quadros na parede, faça a composição que você imaginou no chão. Assim você terá uma idéia de como vai ficar, sem correr o risco de furar a parede desnecessariamente.

DICAS ÚTEIS

1. O quadro é considerado elemento da decoração. Assim, o bom senso é o melhor aliado do gosto pessoal. Além de combinar cor e estilo, os quadros devem ser bem posicionados. O melhor é coloca-los sempre no nível da linha do olhar. Assim, se ele estiver acima de um móvel, a distância do quadro para o móvel é de 30 centímetros. Se a distância for contada do chão, a altura ideal é de 1,50 metro.

2. Para não errar recomenda-se não misturar os estilos. Tapeçaria combinada com quadros, por exemplo, não é uma opção feliz.

Fonte: www.moldunet.com.br


A colocação de quadros na parede pode valorizar a decoração da casa ou acarretar um desastre visual. “Telas mal fixadas ou em excesso acabam com o equilíbrio de qualquer ambiente”, é o que nos ensina o decorador Paulo Galvão.

As principais dicas a serem seguidas para evitar erros e garantir o sucesso da sua decoração são as seguintes:

Observe a altura do teto e dos móveis antes de escolher o local para colocar os quadros. Não precisa centralizá-los. O importante é observar o equilíbrio da composição.

Antes de furar a parede, teste a posição dos quadros no chão. Meça a distância entre eles e só depois dê continuidade ao serviço.

Use pregos de aço ou parafusos número 6. Outros materiais podem estragar a parede, além de fazer um furo muito grande, que impede que a tela fique firme na parede.

Fonte: www.prevcon.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário